Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
Vice-Presidente da República Federativa do Brasil - Discursos

Declaração à Imprensa do Vice-Presidente Michel Temer por ocasião da Visita do Príncipe Herdeiro Haakon, da Noruega – Brasília, 16 de novembro de 2015

16 de Novembro de 2015 - 13h36

Com satisfação recebemos hoje o Príncipe Herdeiro Haakon, da Noruega. A segunda visita do Príncipe Haakon ao Brasil, agora acompanhado de expressiva comitiva governamental e empresarial, constitui claro sinal do interesse norueguês em aprofundar as relações com nosso País.

A importância da parceria Brasil-Noruega é crescente. A evolução de nosso intercâmbio comercial é muito positiva. Entre 2005 e 2014, o intercâmbio comercial entre o Brasil e a Noruega cresceu mais de 145%, passando de US$ 740 milhões, em 2005, para US$ 1,8 bilhão, em 2014.

Deve ser destacada a significativa contribuição do investimento norueguês ao nosso desenvolvimento, especialmente no setor de petróleo e gás. Hoje, mais de cem empresas atuam somente nesse segmento e no da construção naval. Na última década, o estoque de investimentos noruegueses saltou de US$ 280 milhões, em 2005, para mais de US$ 3,7 bilhões.

O Brasil considera prioritários o fortalecimento e a ampliação das relações econômicas com a Noruega. É nossa expectativa que a presença de líderes empresariais na comitiva do Príncipe Haakon confira novo impulso aos investimentos noruegueses no Brasil.

Temos, além disso, intensificado nossos diálogo e cooperação em diversas outras áreas, como ciência, tecnologia e inovação; energias renováveis; meio ambiente; pesca e aquicultura; educação e direitos humanos.

Gostaria de sublinhar a valiosa contribuição da Noruega ao Fundo Amazônia, que financia ações de prevenção, monitoramento e combate ao desmatamento no bioma amazônico. A Noruega é o principal doador externo ao Fundo. Nos últimos quatro anos, US$ 882 milhões foram doados pelo governo norueguês ao Fundo. Os desembolsos deverão alcançar US$ 1 bilhão até o final deste ano. Esperamos poder fortalecer essa parceria no período pós-2020, quando planejamos empreender ações ainda mais ambiciosas. Vemos como oportuna, nesse sentido, a visita do Príncipe Haakon a Belém, onde poderá constatar como o Fundo Amazônia desempenha papel fundamental na preservação daquele ecossistema e no fomento do desenvolvimento econômico-social sustentável da região.

Somos igualmente muito gratos ao Governo e ao povo noruegueses pela recepção aos alunos do programa Ciência sem Fronteiras. Mais de 400 bolsistas brasileiros se dirigiram a universidades norueguesas. As experiências desses estudantes contribuem não apenas para a elevação do nível da formação universitária no Brasil, mas também para a criação de vínculos entre nossas comunidades acadêmicas e nossas sociedades, em geral.

Em conclusão, gostaria de reafirmar minha satisfação com a visita e com o ótimo nível de nossas relações.

Desejo ao Príncipe Haakon e à sua delegação muito sucesso em seus compromissos no Rio de Janeiro e em Belém.

Fim do conteúdo da página