Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
422

O Grupo de Trabalho do Bicentenário da Independência, constituído no Ministério das Relações Exteriores, concluiu a edição do número 1 da Revista 200, comemorativa da efeméride.

O volume inicial tem como principal tema a participação dos deputados brasileiros nas Cortes de Lisboa (1821-22), cujos anais Oliveira Lima considera “a história mais documentada, mais interessante e mais lógica da independência do Brasil”. Na obra que ilustra a capa da primeira edição da 200, pertencente ao acervo do Museu Paulista desde as comemorações do centenário de 1922, Oscar Pereira da Silva retrata a sessão do dia 9 de maio de 1822, com destaque para o debate entre o parlamentar brasileiro Antonio Carlos de Andrada e Silva e o português Borges Carneiro.

Os artigos da revista estão distribuídos nas seções “Documentos Históricos”, “Diplomatas Historiadores”, “Visões do Brasil”, “Língua Portuguesa e Território”, “Estado-Nação: Construtores, Fases e Temas” e “Independência nas Américas e no Mundo”.

Nas palavras do Ministro Aloysio Nunes, “a publicação que tenho a satisfação de divulgar, no final de minha gestão à frente do Itamaraty, é contribuição a somar-se ao muito que se fará nos próximos 44 meses em homenagem ao Bicentenário de nossa Independência, e comprova por meio de seus artigos e documentos a importância fundamental da diplomacia na construção do Estado-Nação brasileiro”.

Fim do conteúdo da página