Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
64

O governo brasileiro lamenta profundamente as mortes, a destruição e os desalojamentos causados pelo ciclone tropical Idai no Malawi e em Moçambique e se solidariza com as populações e os governos daqueles países amigos afetados.

Criada em 1999, por razões humanitárias, a Carta Internacional – Espaço e Grandes Catástrofes (“International Charter Space and Major Disasters”, em inglês) reúne agências espaciais de vários países, entre os quais o Brasil, para o livre e gratuito compartilhamento dos recursos de satélites com capacidade de observação de desastres na Terra.

O Brasil participa da Carta por meio do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais – INPE, com imagens obtidas pelo Satélite Sino-Brasileiro de Recursos Terrestres (CBERS). No Brasil, o “Usuário Autorizado” para ativar o protocolo de acesso a essas imagens satelitais é a Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil do Ministério do Desenvolvimento Regional (SEDEC/MDR).

Tal como se beneficiou desse serviço humanitário de alta tecnologia por ocasião da tragédia de Brumadinho (MG), o Brasil vai rapidamente fornecer a Moçambique e ao Malawi mapas, com base em imagens satelitais, das regiões afetadas pelo ciclone tropical Idai, para auxiliar as operações de busca e salvamento.

Pesquisa:
Fim do conteúdo da página