Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

A Rainha Elizabeth II passa tropas em revista, ao desembarcar em Brasília (Arquivo Público do Distrito Federal)


1º de novembro de 1968 – sexta-feira

A bordo de uma aeronave da Real Força Aérea, a Rainha Elizabeth II chegou ao aeroporto de Guararapes, no Recife, às 16h15. O Príncipe Philip, Duque de Edimburgo, aterrissara 15 minutos antes: estava no México, onde acompanhara os Jogos Olímpicos. O casal real dirigiu-se, em cortejo, pelas ruas da capital pernambucana, ao Palácio do Campo das Princesas, para recepção oferecida pelo governador Nilo Coelho. Entre as personalidades presentes, contavam-se Gilberto Freyre, um dos grandes estudiosos da sociedade brasileira e autor do célebre Casa Grande e Senzala; Dom Hélder Câmara, Arcebispo de Olinda e Recife e destacado defensor das liberdades; e Marco Maciel, político que viria a tornar-se Vice-Presidente da República (1995-2002). Às 18h30, a Rainha e o Duque de Edimburgo embarcaram no iate real Britannia, rumo a Salvador.

 

2 de novembro – sábado

O dia foi passado no Britannia, em trânsito para Salvador.

 

3 de novembro – domingo

Às 7h, o Britannia entrou no litoral de Salvador. Às 9h15, o casal real pôs os pés em terra e partiu, em comitiva, para a Igreja Anglicana e para o Clube Inglês. Às 10h10, a Rainha e o Duque de Edimburgo subiram as escadas do Palácio da Aclamação, onde o governador Luís Viana Filho os homenageou com uma recepção, de que também participaram Jorge Amado, um dos principais nomes da literatura brasileira no século XX, e Carybé, renomado artista plástico argentino-brasileiro. Do Palácio, foram conhecer a histórica Igreja de São Francisco, o Museu de Arte Sacra e o Mercado Modelo. Retornaram, em seguida, ao Britannia, que, às 12h35, prosseguiu viagem, com destino ao Rio de Janeiro.

 

4 de novembro – segunda-feira

O Britannia continuou seu itinerário, na direção do Rio de Janeiro.

 

5 de novembro – terça-feira

O iate real Britannia entrou na Baía de Guanabara no início da manhã e ancorou próximo à Ilha do Governador. Por volta das 10h30, o casal real embarcou, no aeroporto do Galeão, em avião da Real Força Aérea, rumo a Brasília.

Às 12h15, a Rainha e o Duque de Edimburgo chegaram à capital federal, onde foram recebidos pelo Presidente Artur da Costa e Silva e teve início a visita de Estado. Após instalar-se no Hotel Nacional, a Rainha – sempre acompanhada pelo Duque de Edimburgo – compareceu a recepção no Palácio da Alvorada; participou de sessão solene no Supremo Tribunal Federal; dirigiu-se, no Congresso Nacional, aos membros da Câmara dos Deputados e do Senado Federal; e foi homenageada com banquete no Palácio Itamaraty.

 

6 de novembro – quarta-feira

Pela manhã, o casal real conheceu um jardim de infância, na Superquadra 308 Sul; a Catedral Metropolitana, onde foi recebido pelo Arcebispo de Brasília, Dom José Newton de Almeida Batista; e o Setor Militar Urbano. Em seguida, na Torre de Televisão, a Rainha foi recebida pelo prefeito Wadjô Gomide. Concluiu a programação na capital com uma visita à Embaixada do Reino Unido.

O casal real deixou Brasília em avião da Real Força Aérea, às 13h, e chegou a São Paulo às 14h45. Visitou o Monumento do Ipiranga e o Edifício Itália. À noite, o governador Abreu Sodré ofereceu banquete de boas-vindas no Palácio dos Bandeirantes, ocasião em que se apresentaram os artistas Wilson Simonal, Jair Rodrigues e Elza Soares.

 

7 de novembro – quinta-feira

Do Palácio dos Bandeirantes, onde ficou hospedado, o casal real deslocou-se para o laboratório da empresa farmacêutica britânica Burroughs Wellcome do Brasil. Depois, inaugurou o Museu de Arte de São Paulo (MASP), hoje instituição maior das artes plásticas no Brasil. A visita final foi à Escola Britânica. Dali, seguiram para o aeroporto. Às 13h40, embarcaram em avião da Real Força Aérea com destino a Campinas.

Na cidade paulista, a Rainha e o Duque de Edimburgo conheceram o Instituto Agronômico e a Fazenda Santa Elisa. Pernoitaram na Estância Santa Eudóxia.

 

8 de novembro – sexta-feira

O segundo dia em Campinas iniciou-se com passeio a cavalo pela Estância Santa Eudóxia e visita ao Posto de Monta do Jóquei Clube. Às 14h45, os visitantes decolaram do aeroporto de Viracopos para o Santos Dumont, no Rio de Janeiro, onde pousaram às 16h.

No Rio, a agenda foi aberta com coquetel no Iate Clube, às 17h30. À noite, o casal real ofereceu, a bordo do Britannia, jantar para cerca de 50 convidados

 

9 de novembro – sábado

Pela manhã, enquanto o Duque de Edimburgo visitava o Estaleiro Mauá, em Niterói, a Rainha conheceu pontos turísticos do Rio de Janeiro – a Praia de Botafogo, o Mirante Dona Marta e o Outeiro da Glória. O Governador Francisco Negrão de Lima homenageou o casal real com almoço para mais de 200 pessoas, no Museu de Arte Moderna. À tarde, a Rainha Elizabeth II marcou, no Caju, o início simbólico das obras da ponte Rio-Niterói. Às 22h, o casal real participou de recepção na Embaixada do Reino Unido.

 

10 de novembro – domingo

A primeira atividade, às 10h, consistiu em depositar coroa de flores no Monumento aos Mortos da Segunda Guerra Mundial. Estiveram os visitantes, posteriormente, na Igreja Anglicana e, mais uma vez, na Embaixada do Reino Unido, para cumprimento aos funcionários. Almoçaram no Britannia e, às 17h, assistiram, no Estádio Mário Filho – o Maracanã –, a um jogo de futebol entre cariocas e paulistas.

 

11 de novembro – segunda-feira

Pela manhã, a Rainha e o Duque de Edimburgo embarcaram, no Galeão, no VC10 da Real Força Aérea que os levou ao Chile, país que visitaram em seguida ao Brasil.

Fim do conteúdo da página